saude-integral

A Saúde Integral tem uma solução

Perante a Saúde Integral todos os doentes têm recuperação.

Porque é que a Saúde Integral fala de recuperação e não de cura?

Cura é sempre fictícia porque vem de fora. Recuperação é mudança, implica que o indivíduo

saia da realidade da doença. Na Saúde Integral uma doença crónica não tem cura, mas tem

recuperação, porque na Saúde Integral não há doenças, mas sim doentes. Doença é um

conceito da indústria da doença.

Vejamos este exemplo: da mesma forma que não há duas pessoas iguais, também não existem

duas causas iguais para o distúrbio da glicose. Dizer que todos os que têm excesso de glicose

no sangue são diabéticos e por essa razão precisam de um determinado tratamento é no

mínimo perturbador.

A Saúde Integral e os seus terapeutas não entram em controvérsias. Este artigo somente

pretende mostrar que há uma solução. E a solução para qualquer doença grave é a

recuperação. Segundo a Saúde Integral, quando um problema físico (doença) se manifesta, ele

tem origem numa falha no crescimento harmonioso numa qualquer área da vida do indivíduo

em que se manifesta. Quanto mais grave for o problema, mais urgente é uma mudança de

atitude.

Como é que a Saúde Integral chega a essa conclusão? A Saúde Integral não é folclore New age

nem pseudofilosofia holística ou misticismo, a Saúde Integral é tecnologia de ponta, assente na

moderna física quântica.

A Saúde Integral vê a doença como uma manifestação anormal gerada por conflitos internos.

Apesar da física quântica mostrar que a causa nº 1 seja a incapacidade de o indivíduo sair da

ilusão dos sentidos (a profunda ignorância em que a humanidade está mergulhada), qualquer

manifestação física resulta da somatização de manifestações emocionais, como angústia,

depressão, medo ou ansiedade.

A Saúde Integral e os seus terapeutas não limitam a sua abordagem às manifestações físicas do

indivíduo, mas à visão do seu cliente como um todo. Por isso se diz “integral”

A falta de confiança no processo e fluxo da vida é a causa de todo o sofrimento que assola a

humanidade.

Quando se fala em falta de confiança na vida, não abordamos somente as causas de doenças

físicas, emocionais, mentais e espirituais, mas também o social, financeiro, vocacional etc.

A falta de confiança no processo da vida mostra quão ignorante ainda vive a humanidade. A

Saúde Integral precisa resgatar médicos, técnicos e terapeutas para uma nova consciência.

Não basta conhecer bem a teoria do holomovimento de David Bohm e saber-se que vivemos

num mundo multidimensional, se continuamos a viver no arcaico mundo tridimensional das

ilusões dos sentidos.

A falta de confiança no processo e fluxo da vida mostra o atraso da humanidade.

Apesar de uma poderosa evolução se expandir pelo mundo, a nova consciência mundial evolui

a um ritmo mais lento, alargando o fosso que separa o ser do ter. A resistência ao desapego

das velhas crenças do mundo tridimensional afunda-nos numa luta interna sem sentido.

Peço somente mais um pouco de paciência na minha insistência para a falta de confiança no

processo da vida. Mas tudo o que tem valor tem o seu preço. Saúde Integral é a harmonia

entre todas as áreas da vida. E se uma está em resistência à vida, toda a vida é afetada.

O saber-se que a falta de confiança no processo e fluxo da vida está na base de todo o mal,

alerta-nos para a profunda ignorância em que estamos inseridos. Não confiar na energia

elétrica ou numa onda de rádio ou na internet ou no amor porque não a vê, embora estranho,

ainda vá lá, com mil diabos. Mas não confiar na vida que desde a primeira inspiração até a

última expiração, estará sempre presente, somente poderemos chamar imaturidade.

Antes de te mostrar o que fazer para recuperar de uma doença crónica e criar a vida que

desejas e mereces, preciso que ganhes consciência da disparidade em que a humanidade se

encontra.

A ciência avança de uma forma incrível, tudo o que se consegue imaginar consegue-se realizar.

Mas a nível pessoal nunca fomos tão doentes como agora. Nunca tivemos tantos

conhecimentos, ao mesmo tempo que nunca houve tanta gente alienada como agora. Nunca

foi tão fácil comunicar e nunca houve tanta gente sozinha, infeliz e deprimida. Porque a

humanidade vive este paradoxo?

Antes de mostrar o processo da recuperação de uma doença crónica, é preciso ganharmos

consciência que qualquer mal-estar que soframos neste momento não se trata de um castigo,

mas de um mecanismo de alerta. Assim percebemos o mal que fazemos a nós mesmos com os

nossos pensamentos, sentimentos e ações. Não importa se já foram úteis ou não, o que

importa é que neste momento são inúteis. Também coisas antes ricas e luxuosas, hoje são

peças inúteis de museu.

Agora atenção, a Saúde Integral não é utopia, nem um programa criado desesperadamente na

intenção de ajudar quem sofre. Nada disso; a Saúde Integral resulta de centenas de casos de

sucesso de pessoas como tu e eu que transformaram as suas vidas em profunda rutura em

vidas esplêndidas como a minha. Até hoje os terapeutas em Saúde Integral existentes no

mundo são o exemplo dessa metamorfose.

Então como se dá a recuperação?

Independentemente da doença crónica que estejas a viver, se é cancro, depressão, “diabetes”,

pobreza crónica ou relacionamentos destrutivos, adições como o sexo, o álcool, ou outras

drogas.

O processo é muito simples, apesar de não ser nada fácil.

O primeiro passo: assumir a total responsabilidade sobre a situação que se está a viver.

Segundo passo: procurar um terapeuta em Saúde Integral que te vai orientar no caminho da

recuperação.

Terceiro passo: segue as sugestões do terapeuta em Saúde Integral incondicionalmente que os

resultados já não podem falhar.

Atenção: nunca procures um terapeuta em Saúde Integral sem fazer o primeiro passo, assumir

a responsabilidade pela tua vida.

Nascemos para vivermos alegres e felizes na abundância e em harmonia com o mundo que nos

rodeia e se isso não acontece é porque não estamos a deixar que isso aconteça. Enquanto não

nos responsabilizarmos, estamos cegos, incapazes de enxergar que somos nós que criamos o

problema que estamos a viver. Sei que para quem não quer ainda sair da zona em que se

encontra é difícil conceber que é a causa dos distúrbios da saúde ou da miséria em que se

encontra. Pode-se automanipular dizendo que é karma e ao karma ninguém pode fugir ou

também que o corpo fica doente sem a sua participação, pode ser genético etc…. etc….

Na Saúde Integral cada pessoa é um caso único. O cliente é tratado com dignidade não como

um doente. Todos os seus dados pessoais e de saúde estão protegidos pelo anonimato. Um

terapeuta em Saúde Integral foi escolhido através do mais rigoroso padrão de honestidade e

de integridade. Por essa razão não pode ser um falso terapeuta (um cego a querer guiar outro

cego). Por essa razão o requisito fundamental para ser terapeuta em Saúde Integral é viver em

harmonioso crescimento.

Agora preciso de terminar consciente que muitas questões pairam na tua cabeça. Não hesites,

não tenhas medo. Coloca as tuas dúvidas.

Incondicionalmente disponível,

António Fernandes

Pin It on Pinterest